Delegado perseguido pela esquerda é encontrado morto no RS

O delegado Gastão Shefer Neto, foi encontrado morto, na sede da Polícia Federal, em Caxias do Sul – Rio Grande do Sul.

Até o momento, a única informação que temos é que o caso está sendo tratado como suicídio pelas investigações, mas a família do delegado nega essa hipótese.

Amigos do delegado, como o jornalista Eustáquio, dizem que o caso não foi suicídio, e alegam que o delegado pode ter sido vítima de perseguição por motivações políticas, já que o delegado era declaradamente bolsonarista e sofria perseguições de partidos e militantes da esquerda.

Imagem em destaque

Gastão Shefer Neto, tinha 48 anos, era paranaense, mas trabalhava no RS desde Junho.

COMPARTILHE NAS SUAS REDES SOCIAIS: